ePrivacy and GPDR Cookie Consent management by TermsFeed Privacy Policy and Consent Generator

Blog

Tipos de precificação: melhores formas de calcular + técnicas de mercado

28 de setembro de 2021

Estabelecer o preço de um produto/serviço pode se tornar um grande desafio para as empresas. Isso porque envolvem pontos importantes, como cálculos e alguns conceitos. Além disso há vários tipos de precificação que podem ser utilizados. Conhecer cada um dos tipos de precificação e saber qual deles é o melhor para o seu negócio faz toda a diferença para vender o seu produto/serviço. A precificação correta pode elevar a competitividade da sua empresa, a lucratividade, além de determinar a sua sobrevivência na totalidade. Se você não sabe a melhor forma de definir o preço do seu produto/serviço, este artigo irá te ajudar com todas as informações que você precisa saber a respeito, além de técnicas mais utilizadas pelo mercado. Boa leitura!  

O que é precificação?

Precificação é o processo para a criação e estudo do preço a ser praticado no mercado. Através dele, uma empresa se torna muito mais competitiva e lucrativa. Isso acontece porque, durante o processo de precificação, são levados em consideração pontos importantes, como: custos e despesas inclusos na concepção ou compra de um produto/serviço. Além disso, há a interferência de outros fatores, como por exemplo, as marcas concorrentes, os ganhos e o valor percebido. É importante deixar muito claro que há uma diferença muito grande entre dois termos que parecem sinônimos: valor e preço. Valor está diretamente relacionado à forma como o cliente percebe o produto ou serviço que ele adquire. Tem relação direta com a maneira como enxerga a relação custo-benefício daquilo que ele está prestes a comprar. Pessoas compram produtos e contratam serviços por motivos diferentes e para atender a necessidades diferentes. Por isso, a percepção de valor pode variar bastante de um cliente para outro. Já o preço é determinado pelo mercado. Os recursos empregados para comprar ou produzir um produto, conceber o serviço que será comercializado, seja matéria-prima, energia elétrica, entre outros elementos necessários, são fatores determinantes para o preço que chegará até o consumidor.  

Qual a importância da precificação de um produto ou serviço?

A precificação de um produto/serviço é importante para qualquer negócio, pois simboliza que o preço definido para o item que o cliente busca atende às necessidades dele, assim como justifica todos os custos e despesas envolvidos, além dos ganhos que a empresa obteve. O mais importante é que seja um preço justo, tanto para quem vende quanto para quem compra. É preciso haver equilíbrio. Nem um preço muito baixo, nem tão alto. Oferecer o seu produto a um valor muito abaixo do mercado pode ser um sinal de alerta. Ao invés de ganhar, a sua marca pode estar sofrendo um prejuízo incalculável. Porém, muito cuidado ao pensar em estipular um preço muito acima do que o mercado pratica. As chances de perdas de venda são grandes e o seu cliente pode optar em comprar com o seu concorrente, já que encontrará tudo o que precisa com menor preço.  

Como precificar um produto ou serviço?

Para precificar um produto/serviço, antes de qualquer coisa é preciso fazer a gestão das entradas e saídas do caixa da empresa. Em outras palavras, fazer o controle de todo o dinheiro que entra e sai. É preciso conhecer cada número envolvido no processo. O cálculo a ser utilizado para definição de preço deve ser percebido de forma estratégica, através de planejamento e entendimento da empresa sobre como o mercado tem se comportado: se o preço é justo ou está muito alto para o padrão são algumas respostas que a organização precisa ter. Caso sejam afirmativas, é preciso repensar as estratégias adotadas e alinhar as novas para o cenário atual e assim atingir os objetivos desejados.  

Quais os principais tipos de precificação?

Como falamos inicialmente, existem vários tipos de precificação utilizados pelas organizações. Cabe escolher os que mais se adéquam à realidade do seu negócio. Aqui, nós separamos 5 tipos de precificação que garantem a melhor forma de estipular o preço para o seu produto/serviço. Confira a seguir.  

Margem de Contribuição

Essa técnica é utilizada para saber a margem do produto. Ela é fundamentada no preço de venda. Em outras palavras, é um tipo de precificação que permite saber o quanto do que foi arrecadado com a venda é responsável pelo pagamento dos custos e despesas de um produto/serviço. A margem de contribuição viabiliza o controle do percentual de ganho. Se o mercado oferece mais oportunidades, os números de vendas aumentam e consequentemente os lucros. Caso a empresa opte por praticar um preço mais competitivo, é só diminuir o percentual. Com isso, quando a margem de contribuição é pequena, o ponto de equilíbrio é atingido, mas sem lucratividade. Quando a margem é negativa, não tem jeito: é sinônimo de prejuízo.  

Markup

Esse tipo de precificação tem o objetivo de encontrar um percentual que, uma vez empregado ao preço de venda, seja suficiente para cobrir todos os custos e despesas e para entregar o lucro que a empresa almeja. O Markup analisa se algo que está em vigor está desalinhado com o mercado. Se os custos e despesas de uma empresa são elevados, ela fica em desvantagem em relação aos seus concorrentes.  

Pesquisa de Preços

É um tipo de precificação com base nos preços utilizados pelas marcas concorrentes. Por meio dessa análise, é possível saber qual o preço que o cliente está disposto a pagar. A pesquisa de preços deve ser utilizada como suporte para as outras técnicas já mencionadas e não como uma forma isolada de formação de preços. Aqui, quanto mais informações houver, melhor serão os resultados obtidos pela análise.  

Valor Percebido

Essa técnica é constituída no fato de aplicar o preço de venda de acordo com aquilo que o cliente almeja. Para isso, é importante conhecer o cliente em todos os detalhes essenciais para um bom relacionamento comercial. Caso contrário, a estratégia não funcionará e os transtornos virão.  

Lucro - Alvo

Esse tipo de formação de preço leva em consideração o quanto será necessário vender para atingir o objetivo de lucro. Nesse caso, analisar o preço de forma individual não basta. É preciso considerar o quantitativo de vendas para poder estipular um preço razoável para o produto/serviço. Assim, é preciso definir quanto antes qual o total de lucro que deseja obter e com isso chegar a um preço razoável. É provável que os ganhos por item podem não ser tão animadores, mas, como a expectativa gira em torno do volume de vendas, os ganhos serão por quantidade.  

Técnicas de mercado

Além dos tipos de precificação que citamos no tópico anterior, também há outras técnicas de mercado utilizadas para a formação de preços. Elas podem ser utilizadas para complementar os métodos de precificação que citamos anteriormente. Confira a seguir:
  • Descontos por antecipação: quando o fluxo de caixa é essencial;
  • Preço de troca: quando há algum valor restante em algum produto de troca;
  • Preço geográfico: preço variado em localidades diferentes;
  • Preço com desconto para revenda: promover o volume através de canais de distribuição;
  • Desconto Sazonal: ajusta o volume de saída para manter a constância do processo de produção;
  • Descontos por quantidade: quando o volume das vendas é de grande importância
  • Preço psicológico: ajuda a criar a impressão de menor preço (Ex: R$ 499,00 / R$ 500,00).
 

Conclusão

Estipular um preço adequado para um produto/serviço pode ser uma tarefa difícil para empresas que não tenham noção de como fazê-lo. Não utilizar técnicas de precificação corretas podem deixar a saúde financeira da sua empresa bastante comprometida, já que não saber o preço que o produto/serviço receberá pode trazer prejuízos ao negócio. Esperamos que tenha gostado deste artigo e ele ser muito útil para a sua empresa. Nos vemos no próximo post. Até breve!

PS Junior[email protected]

ANTERIOR TODOS SEGUINTE

Diagnóstico Gratuito
do seu Negócio

Há mais de 29 anos no mercado, especializada em projetos de consultoria em gestão, a PS Júnior entrega projetos de qualidade que potencializam os resultados do cliente através de soluções únicas.

Nossos Clientes

Durante os nossos mais de 29 anos de experiência em projetos, muita gente já acreditou no nosso trabalho.

  • Cadô
  • Carrier
  • Da Terra Filmes
  • Gerdau
  • Grupo RBS
  • Ipiranga
  • Me Salva
  • Midea
  • O Kido Ki
  • OP Services