ePrivacy and GPDR Cookie Consent management by TermsFeed Privacy Policy and Consent Generator

Blog

Diagnóstico Financeiro: aprenda como enxergar a realidade do seu negócio

05 de outubro de 2021

Conhecer a fundo a situação econômica e financeira de uma empresa é primordial para o seu bom funcionamento e sobrevivência no mercado. Uma forma eficaz para isso é através do diagnóstico financeiro. Com os resultados obtidos, é possível planejar ações efetivas para tornar o negócio cada vez mais sustentável. Se a sua empresa ainda não sabe qual o cenário exato das finanças, chegou o momento de mudar esse quadro. Por isso, nós preparamos este conteúdo especialmente para você aprender a entender como funciona o setor financeiro do seu negócio. Boa leitura!  

O que é diagnóstico financeiro?

Diagnóstico financeiro é o ato de analisar a performance financeira e o formato de negócios que uma empresa utiliza. O estudo é feito levando em consideração o período anterior do negócio, o período atual e projeta situações futuras. Para que o diagnóstico financeiro seja realizado, informações contábeis são utilizadas como parte essencial do processo. Além disso, algumas conversas individuais são realizadas e o ponto de vista daquilo que foi dialogado é de extrema importância para chegar aos resultados necessários. Essas ações são de grande valia para que o profissional responsável pelo diagnóstico financeiro tenha uma percepção ampla de tudo o que acontece internamente. Podemos citar como exemplo, o nível de produtividade do time, efetividade dos processos e a interação com o público. São aspectos importantes e incidem diretamente sobre o funcionamento das finanças. Caso eles sejam responsáveis por algum transtorno que ocorra na organização, devem ser registrados em relatórios como origens de problemas.  

Quais são os tipos de análise feitas no diagnóstico financeiro?

Duas análises são essenciais para o diagnóstico financeiro: a análise retrospectiva e a análise prospectiva. A análise retrospectiva acontece mediante os balanços contábeis e dados importantes até o momento presente. Para isso, é importante disponibilizar ao profissional avaliador documentos com registros dos últimos meses ou anos. Por esse motivo, é fundamental registrar todas as movimentações financeiras. Em contrapartida, a análise prospectiva trará com antecedência os resultados que podem acontecer num espaço de tempo entre 12 meses a 12 anos. Fatores como o motivo pelo qual o diagnóstico financeiro está sendo realizado e dados coletados de períodos anteriores e atuais é que determinarão o intervalo. Na análise prospectiva deve-se cogitar três possibilidades de cenários para um período futuro: o pessimista, o otimista e o realista. Por isso, os resultados obtidos com o diagnóstico financeiro são vitais para estipular todas as possibilidades, desde situações críticas à favoráveis.  

Quais os benefícios do diagnóstico financeiro?

O diagnóstico financeiro fornece vários incentivos para as empresas. Através dele é possível cuidar da saúde financeira do negócio, evitando performances abaixo do esperado e até mesmo o seu fechamento. Separamos 4 deles para você conferir:

#01. Reconhecimento de oportunidades

O diagnóstico financeiro viabiliza o conhecimento do ponto de equilíbrio da empresa pelos gestores responsáveis, além de dados complementares que ajudarão para que de forma mais fácil sejam encontradas oportunidades. Para se planejar financeiramente, uma empresa deve se respaldar nessa dificuldade que assegura que todos os compromissos financeiros com despesas sejam honrados. No entanto, nenhuma informação a respeito de rentabilidade. A partir desse entendimento, é mais fácil identificar uma oportunidade real.

#02. Estudo rápido da empresa

Uma das principais vantagens do diagnóstico financeiro é que ele possibilita que seja feito um estudo rápido do seu negócio. O mapeamento é realizado em pouquíssimos dias. Até porque, para que o diagnóstico financeiro se torne uma realidade, é preciso fazer uma análise bem detalhada de toda a movimentação financeira da instituição a partir de relatórios que auxiliem a traçar um perfil mais completo do cenário. O diagnóstico financeiro é importante para todos os momentos da empresa, não apenas quando o negócio enfrenta dificuldades. Ele deve ser aplicado em toda e qualquer satisfação para que a empresa atue da melhor forma possível, tomando decisões coerentes com o propósito do negócio

#03. Reestruturação financeira

O mundo e o mercado mudam a todo o tempo, por isso é absolutamente normal que as empresas transitem entre altos e baixos. É aí que entra em cena o diagnóstico financeiro para ajudar a saber qual é o cenário real do negócio e a partir disso pensar numa reestruturação financeira. Se esse é o caso da sua empresa neste exato momento, não descarte o diagnóstico financeiro como resolução. Ele é um recurso que ajuda a identificar pontos positivos e pontos de melhoria na área financeira, fazendo todos os ajustes necessários. Dessa forma, é possível gerir melhor o setor, trazendo resultados mais sólidos e tornando o negócio mais sustentável e competitivo.

#04. Redução de custos

Qual é a empresa que não quer fazer mais gastando menos? Com certeza a sua é uma delas e não há problema algum. Obviamente, há algumas obrigações das quais não é possível escapar, mas sempre é possível diminuir os custos. Porém, há algumas organizações que não sabem como iniciar esse processo. O diagnóstico financeiro ajuda a identificar todos os custos e despesas do negócio, em valor total e unitário de cada um. Para chegar num resultado satisfatório e se ter uma média, é recomendado fazer um estudo dos números dentro de um período de 6 meses. Essas informações são geralmente armazenadas em planilhas ou até mesmo em ferramentas de gestão financeira. Para facilitar o processo, é interessante segregar os custos de acordo com a sua especificidade, como fixo e variável, por exemplo.  

3 dicas para fazer um diagnóstico financeiro eficaz

Você já sabe o que é o diagnóstico financeiro, a importância de fazê-lo e os benefícios que ele oferece para o seu negócio. Agora, nós vamos te dar 3 dicas preciosas de como tornar o diagnóstico financeiro um processo eficaz em sua empresa. Confira a seguir:

#01. Saber quais são todos os custos e despesas

Essa etapa é muito importante para tornar o diagnóstico financeiro uma ferramenta sustentável dentro da sua empresa. Diante de toda a sua importância, nenhum número pode ser ignorado, por menor que seja o custo e a despesa. Talvez aquele valor direcionado para a aquisição ou pagamento de algo que você considera irrelevante pode impactar as finanças do seu negócio e você não sabe. Pequenas coisas desagradáveis, quando não possuem gestão adequada, tendem a ganhar fôlego e gerar transtornos sem precedentes dentro de uma empresa, incluindo o decreto de falência. Por isso, a gestão financeira é algo que deve ser feito diariamente, com eventuais conferências para saber se tudo tem sido feito em conformidade com as necessidades de cumprimento das obrigações de uma empresa.

#02. Estabelecer objetivos de redução de custos

Reduzir custos não é um desejo utópico, mas uma realidade cada vez mais próxima de uma empresa organizada. Porém, é preciso ser muito prudente na hora de diminuir os custos de uma organização. Falamos isso não para criar alarde, mas para que você tenha em mente de que não vale a pena reduzir o custo de produção de um item, por exemplo, se a qualidade dele pode ficar comprometida. E vamos mais longe, não só o seu produto/serviço, como também a sua marca pode ficar bastante comprometida no mercado. Por isso, é preciso levar em consideração alguns critérios importantes para que as entregas ocorram com a mesma qualidade de sempre: vale renegociar com fornecedores, procurar insumos mais baratos com qualidade igual ou superior ao utilizado atualmente e adotar estratégias para manter o funcionamento do seu negócio num custo adequado ao seu cenário.

#03. Fazer do diagnóstico financeiro um guia para novas ações

O diagnóstico financeiro, quando bem aplicado nas empresas, resulta na tomada de novas ações. E nesse processo de novos passos que a empresa dará, ele será como uma bússola para que essa nova etapa seja conduzida da melhor forma possível Mudanças podem, inicialmente, causar um pouco de receio nas pessoas envolvidas. Por isso, cada nova ação deverá ser executada de forma objetiva, de modo que cada nova etapa seja implantada gradualmente, engajando todo o time.  

Conclusão

O diagnóstico financeiro é um recurso importante para quem deseja conhecer a real situação econômica e financeira de uma organização. Seja para manter os números em dia ou para rever alguns pontos importantes antes de tomar alguma decisão estratégica para o grupo. Você pode aproveitar todas as informações contidas neste post e fazê-lo em sua empresa. Mas se preferir a ajuda de um especialista, temos um time à disposição do seu negócio e juntos fazermos um diagnóstico financeiro eficaz para a sua empresa. Clique aqui e fale agora mesmo com um consultor especializado.

PS Junior[email protected]

ANTERIOR TODOS SEGUINTE

Diagnóstico Gratuito
do seu Negócio

Há mais de 29 anos no mercado, especializada em projetos de consultoria em gestão, a PS Júnior entrega projetos de qualidade que potencializam os resultados do cliente através de soluções únicas.

Nossos Clientes

Durante os nossos mais de 29 anos de experiência em projetos, muita gente já acreditou no nosso trabalho.

  • Cadô
  • Carrier
  • Da Terra Filmes
  • Gerdau
  • Grupo RBS
  • Ipiranga
  • Me Salva
  • Midea
  • O Kido Ki
  • OP Services