ePrivacy and GPDR Cookie Consent management by TermsFeed Privacy Policy and Consent Generator

Blog

Análise de Custo: 7 benefícios que só ela proporciona para os negócios

21 de setembro de 2021

A análise de custos é essencial para checar a viabilidade de um projeto. Além disso, ela é de suma importância para analisar outros pontos importantes que definem o sucesso do negócio. Para tornar a empresa um investimento cada vez mais rentável, os gestores precisam analisar cada dado financeiro e a partir dos resultados tomar decisões essenciais para a manutenção da organização. Por isso, este artigo é inteiramente dedicado a falar sobre todos os benefícios que a análise de custos proporciona às organizações. Boa leitura!

Definição de custo

Antes de falarmos sobre a análise, precisamos definir o que é custo. Podemos chamar de custo todos os investimentos financeiros empregados para a fabricação de um produto ou serviço ofertado pelas empresas. O custo pode ser classificado em dois tipos: custo fixo e custo variável. Custo fixo é aquele que não sofre nenhuma alteração decorrente da produção ou da comercialização de um produto/serviço. Podemos citar como exemplo os custos com energia elétrica, serviços de limpeza, aluguel do prédio, etc. Já o custo variável, como o próprio nome sugere, sofre modificações de acordo com a quantidade fabricada e vendida. Investimento em matéria-prima, embalagens , se enquadram em custos variáveis, por exemplo. Além disso, há outros tipos de custos importantes para o negócio, que são os custos diretos e indiretos. Custo direto é estabelecido pelos recursos diretamente envolvidos na produção de um produto/serviço com a aquisição de matéria-prima, por exemplo. Já o custo indireto, como o próprio termo diz, tem ligação indireta com a produção, como por exemplo, a energia elétrica utilizada na produção.  

O que é Análise de Custo?

Análise de Custo é uma técnica de custeio utilizada nas organizações que sentem necessidade de conhecer a fundo sobre todos os gastos envolvidos na elaboração de produtos e serviços em um período específico. No que diz respeito aos custos fixos, eles são de fácil reconhecimento e por isso pedem uma rigidez maior, se comparados aos custos indiretos, pois pedem um acompanhamento maior através de alguma metodologia de rateio. A análise de custo pode ser feita através de diferentes sistemas de custeio, porém, aqui focaremos em três bastante específicos: custeio por absorção integral, custeio por absorção ideal e custeio variável.  
  • Custeio por absorção integral
Refere-se a todos os custos distribuídos na produção de um produto/serviço. Neste caso, todos os gastos que não possuem ligação direta aos investimentos feitos para a concepção do objeto de comercialização da empresa, serão destinados ao custo final. Sendo assim, o valor unitário de um produto pode sofrer variações. O que vai determiná-lo é o volume produzido dentro de um período específico.
  • Custeio por absorção ideal
Neste caso, apenas os custos fixos, considerados essenciais, numa situação onde não há indícios de perdas, são agregados aos produtos. Ele segue a mesma linha de raciocínio do custeio anterior, onde o valor unitário dependerá do quantitativo produzido num período determinado.
  • Custeio variável
Este sistema de custeio não distribui qualquer tipo de custo fixo aos produtos/serviços. Com isso, tem-se apenas o valor referente aos custos variáveis empregados. Em outras palavras, a análise de custo sempre deve ter relação direta com o planejamento e gestão das operações. Assim, é possível saber se todas as metas estipuladas pela organização serão atingidas com a performance esperada. Todas as análises feitas servirão para conduzir os próximos passos dados pela empresa, principalmente no que diz respeito à tomada de decisões importantes para o seu negócio.  

Para que serve a análise de custo?

A análise de custo serve como ferramenta de suporte e gestão. Ela permite confrontar os custos processados num período específico com o que foi estabelecido no orçamento do projeto. Além do mais, é possível acompanhar todas as perdas sofridas no processo com mais precisão e com isso é possível analisar os dados e ajustar o planejamento, caso seja necessário.  

Análise de custo e despesa são a mesma coisa?

Num primeiro momento, pode parecer que estamos falando da mesma coisa, com redundância. Obviamente, tanto os custos quanto as despesas se referem à saída de capital de uma empresa, mas há diferenças entre os dois. Os custos têm relação direta com a atividade-fim de uma organização. Em outras palavras, são recursos utilizados para a confecção daquilo que a empresa comercializa. Dessa forma, tudo o que envolve o processo de fabricação de um produto/serviço caracteriza-se como custo, como por exemplo: insumos, energia elétrica, água, entre outros. Já as despesas estão ligadas a todos os gastos para manter o funcionamento da empresa, porém não causa qualquer interferência na produção. Logo, consideram-se despesas as contas de telefone, folha de pagamento, etc. Essas distinções são importantes para definir que o que difere um do outro é o fato de que os custos sofrem alteração devido à produção de itens que serão vendidos posteriormente. As despesas não se alteram com a volumetria de produção.  

Quais os benefícios da análise de custo?

A análise de custo ajuda as empresas em vários aspectos, como por exemplo:
  • Melhoria contínua dos processos
Uma das vantagens da análise de custo é encontrar pontos de melhoria contínua, uma vez que também serve para mensurar a eficiência dos processos. Quanto mais alinhados estiverem, mais se aproximará daquilo que orçamento da empresa estabeleceu, além de atingir os objetivos estipulados;
  • Decisão entre fabricar ou comprar
Os resultados da análise de custo são importantes para ajudar a empresa na tomada de decisão entre fabricar um produto ou adquiri-lo já pronto de outra empresa. Caso a primeira opção seja considerada a melhor solução, é possível comparar os custos de produção própria com os custos de outra organização;
  • Lucratividade do negócio
A análise de custo viabiliza a empresa entender mais sobre a margem de lucro que ela obtém. Isso é possível graças à análise que permite comparar o preço de venda no mercado com o todo o valor necessário destinado à produção;
  • Precisão de dados
Com informações mais confiáveis, as métricas da organização têm maior eficiência, facilitando a descoberta de oportunidades de melhorias e novos negócios que não trarão benefício algum para a empresa. Esses dados permitem maior agilidade na elaboração de planos de ação.;
  • Classificação assertiva dos custos
Saber segregar de forma correta os tipos de custos de cada departamento de uma organização é importante para ajudar na identificação da origem das falhas de custeio, além de dar exatidão aos dados utilizados na análise de custo;
  • Melhora na qualidade do produto/serviço
Uma boa análise de custo promove, entre muitos benefícios, a melhoria na qualidade do produto/serviço prestado. Isso também se reflete diretamente no volume de demandas, pois, se o que é comercializado agrada ao público, consequentemente aumentará o número de pedidos, que acarretará aumento da produção e, dependendo do quantitativo solicitado, também implicará na contratação e treinamento de mais profissionais.
  • Diferencial competitivo
Uma vez que há redução de custos, é possível também diminuir o preço que é repassado ao consumidor final. Se o seu negócio está inserido em um mercado bastante acirrado, vender o seu produto/serviço a um preço mais acessível, você sairá à frente dos demais estabelecimentos com uma vantagem competitiva que atenderá à necessidade de todos os envolvidos.  

Conclusão

A análise de custo é parte essencial da gestão de qualquer empresa, independente do seu porte, pois permite aos responsáveis saber o que tem contribuído para os custos e despesas do negócio. Além disso, é possível saber quais os pontos de melhorias que incluem redução de custo, que permite o investimento em novos projetos, aumentando a rentabilidade da empresa. Trouxemos 7 benefícios da análise de custo para os negócios e esperamos que este artigo seja muito útil para o seu.

PS Junior[email protected]

ANTERIOR TODOS SEGUINTE

Diagnóstico Gratuito
do seu Negócio

Há mais de 29 anos no mercado, especializada em projetos de consultoria em gestão, a PS Júnior entrega projetos de qualidade que potencializam os resultados do cliente através de soluções únicas.

Nossos Clientes

Durante os nossos mais de 29 anos de experiência em projetos, muita gente já acreditou no nosso trabalho.

  • Cadô
  • Carrier
  • Da Terra Filmes
  • Gerdau
  • Grupo RBS
  • Ipiranga
  • Me Salva
  • Midea
  • O Kido Ki
  • OP Services